31.10.2018 | 15h24

‘Não tivemos sintonia com o pensamento brasileiro’

O governador reeleito no Mato Grosso do Sul, tucano Reinaldo Azambuja (PSDB) defendeu que o partido discuta internamente, o quanto antes, o futuro da sigla, que desidratou nesta eleição.

“Acabou polarizando entre uma extrema direita e esquerda. Acabamos no centro e não tivemos uma sintonia com o pensamento brasileiro. Isso serve para a gente fazer uma reflexão sobre qual a pauta do PSDB para o futuro, que política vamos defender”, disse em entrevista à Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO