17.09.2018 | 14h51

Não existe sistema seguro?

Janaina Paschoal não foi tão enfática quanto seu aliado Jair Bolsonaro, que falou claramente sobre o risco de fraudes nas eleições. Mas ela admitiu que os sistemas podem não ser seguros e que os partidos que estão preocupados com o problema deveriam se organizar para fazer a fiscalização.

“Não posso afirmar que haverá fraudes. Mas todos sabem que não existe sistema completamente seguro. Não sou dirigente partidária, mas entendo que os partidos que temem as fraudes deveriam se unir para, desde logo, organizar uma forma efetiva de fiscalização”, afirmou. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO