29.05.2018 | 14h03

Não é ‘só por 46 centavos’

O governo federal sentiu um fantasma bater à porta: o das manifestações de 2013. Bernardo Mello Franco analisa, no Globo, que os protestos de cinco anos atrás ressoam na greve dos caminhoneiros, que também não terminou depois das concessões do governo federal.

Enquanto em 2013 não era “só pelos 20 centavos”, agora os manifestantes diversificam a pauta e pedem a saída do presidente Michel Temer. O colunista avalia que ainda não é possível cravar que estamos diante de um novo junho de 2013, mas que os políticos voltaram a ficar à deriva, voltaram.


VOLTAR PARA O ESTADÃO