26.04.2018 | 12h01

Não é o fim do mundo (nem da Lava Jato)

A princípio, tirar as delações da Odebrecht das mãos de Sérgio Moro causa preocupação. Mas, apesar de controversa e até “questionável”, a decisão não é “o apocalipse da Lava Jato” na visão de Diego Escosteguy do jornal O Globo.

“Não reconhecer a competência de Moro para receber ou manter as delações da Odebrecht envolvendo Lula não significa pôr em dúvida a competência de Moro para seguir com os casos de corrupção da Petrobrás, incluindo os de Lula”, analisa.


VOLTAR PARA O ESTADÃO