03.05.2018 | 20h32

Não é a casa da mãe Joana

A gerência do Santuário Nacional de Aparecida não gostou da romaria por Lula convocada por Gleisi Hoffmann. A administração da basílica emitiu uma nota dizendo que “o Santuário não é lugar de fazer política”, informa a Folha.

“O Santuário é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”.


Mais conteúdo sobre:

Gleisi Hoffmann
VOLTAR PARA O ESTADÃO