25.02.2019 | 09h03

Na ONU, Damares chama Maduro de ‘ilegítimo’

A ministra Damares Alves, da Família, Mulher e Direitos Humanos, disse na manhã desta segunda-feira, 25, durante a sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, na Suíça, que o Brasil está preocupado com “persistentes violações de direitos humanos” na Venezuela, informou o G1.

Em um discurso de 15 minutos, ela ainda chamou o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro de ilegítimo. “Não poderia deixar de expressar a preocupação do governo brasileiro com as persistentes e sérias violações de direitos humanos cometidas pelo regime ilegítimo do ditador Nicolás Maduro”, disse a ministra.


VOLTAR PARA O ESTADÃO