12.08.2018 | 11h56

Na Justiça contra guerrilha online

Já começou a guerra judicial de candidatos para remover conteúdo da internet que consideram ofensivo ou enganoso. Levantamento do Estadão mostra que já tramitam pelo menos 56 processos de candidatos contra sites, vídeos no YouTube ou páginas anônimas no Facebook. Os campeões de reclamações até aqui são João Doria (PSDB-SP) e Roseana Sarney (MDB-MA).


VOLTAR PARA O ESTADÃO