22.10.2018 | 20h17

‘Mutirão’ jurídico petista contra Bolsonaro

A fala de Jair Bolsonaro de “banir os vermelhos” do Brasil servirá de munição para uma série de medidas jurídicas do PT contra o candidato do PSL. Segundo o advogado da campanha petista, Eugênio Aragão, peças jurídicas estão sendo preparadas pela equipe para serem apresentadas ao TSE, à Comissão de Ética da Câmara e ao STF ou PGR, neste último caso a representação deverá ser criminal.

“Os atos que atribuímos a Jair Bolsonaro vão desde incitação e à apologia ao crime, mas rigorosamente, o que ele fez, por jurisprudência é um crime contra a humanidade que é incitar a perseguição de grupos”, disse o advogado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO