15.03.2018 | 19h34

Mulheres ganham mais dinheiro do Fundo Partidário

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que 30% do Fundo Partidário deve ser destinado para campanhas de mulheres. O número se equipara à porcentagem de candidaturas femininas definida pela Lei Eleitoral: 30%.

Antes, o montante reservado às candidatas era de 5% a 15% do Fundo. Agora, não há limite máximo.

A ação tem origem na Procuradoria-Geral da República (PGR) e defende que é preciso garantir que as mulheres tenham recursos para disputarem as eleições em igualdade com os homens.


Mais conteúdo sobre:

Fundo Partidário
VOLTAR PARA O ESTADÃO