12.09.2018 | 14h40

Mulheres contra Bolsonaro

Grupos de mulheres organizam manifestações –virtuais e nas ruas– contra Jair Bolsonaro. Criado há menos de uma semana, o grupo do Facebook “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro” já reunia 611 mil integrantes no início da tarde desta quarta-feira (12). A partir dele começaram a pipocar vários outros de nome parecido, com cortes regionais.

Militantes também programam a realização de atos com o mesmo nome para o dia 29 de setembro, em várias cidades do País. Em São Paulo, a convocação é para o Largo da Batata, e o evento no Facebook já tinha mais de 30 mil confirmações nesta quarta.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO