23.03.2018 | 21h12

Mudança na Lei Eleitoral pode atrapalhar Lula

Uma mudança na lei eleitoral, feita em relação à campanha presidencial passada, poderá atrapalhar os planos de Lula, caso ele tenha sua candidatura proibida.

Até 2014, mesmo subjúdice, uma candidato poderia ter seu nome e foto colocado na urna eletrônica até o dia da eleição. A substituição por um candidato habilitado poderia ser feita até a véspera da eleição. Como não há tempo hábil para alterar a foto e o nome na urna, os eleitores votariam no impugnado, mas estariam elegendo seu substituto mesmo que não saibam quem é.

Assim, Lula poderia fazer campanha normalmente e, impugnado, sairia da chapa apenas na véspera da eleição. Só que a regra mudou e a substituição só pode ser feita até um mês antes da votação. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO