24.05.2018 | 21h48

Muda nada na gasolina

O governo só tratou da redução do preço do óleo diesel. O preço da gasolina não foi incluído no acordo costurado com os representantes dos caminhoneiros.

“Só tratamos de óleo diesel, era pauta de revindicação do movimento”, disse o ministro Eliseu Padilha. Ou seja, a gasolina continua cara na bomba. A esperança é que, ao menos, ela agora chegue aos postos.


Mais conteúdo sobre:

greve dos caminhoneiros
VOLTAR PARA O ESTADÃO