08.02.2019 | 19h30

MPF recorre contra decisão que soltou Richa

O Ministério Público Federal recorreu da decisão do STJ que colocou em liberdade o ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). O subprocurador-geral da República Hindemburgo Chateaubriand Filho argumenta que o habeas corpus que soltou o tucano deveria ter sido analisado pelo TRF-4 antes que fosse para as mãos do ministro  João Otávio de Noronha, presidente do STJ e responsável pela decisão. Richa foi solto no último dia 1º. Ele tinha sido pelo em 25 de janeiro na 58ª fase da Operação Lava Jato. As informações são do G1.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Beto RichaMPFSTJPSDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO