09.08.2018 | 12h31

Mourão sob suspeita

O Tribunal de Contas da União conduz um processo desde 2017 para apurar a suspeita de que o General  Mourão, candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), teria favorecido uma empresa espanhola em um contrato fechado com o Exército para a aquisição do Simulador de Apoio de Fogo, informa o Valor.

A denúncia foi enviado de forma anônima também à Procuradoria de Justiça Militar no Rio de Janeiro, que decidiu pelo arquivamento. No TCU, o processo está aberto, mas não houve deliberações. Procurado pelo jornal, Mourão não foi encontrado para dar resposta.


VOLTAR PARA O ESTADÃO