08.01.2019 | 14h52

Mourão sai em defesa do filho

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, saiu em defesa da nomeação de seu filho Antonio Hamilton Rossell Mourão como assessor especial da presidência do Banco do Brasil. Com a posse da nova gestão, sob o comando de Rubem Novaes, foi promovido.

Segundo Mourão, o filho buscou a vaga antes da eleição do presidente Jair Bolsonaro. “Sem comentários. Possui mérito e foi duramente perseguido anteriormente justamente por ser meu filho”, disse Mourão ao Broadcast Político. Antonio é funcionário de carreira do banco desde o início dos anos 2000. A hashtag “filho de Mourão” foi um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta terça-feira, 8.


VOLTAR PARA O ESTADÃO