28.09.2018 | 08h36

Mourão em ‘silêncio obsequioso’

Após a polêmica causada pela declaração em que chamou o 13º salário de “jabuticaba brasileira” e ser desautorizado pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), o candidato a vice, general Hamilton Mourão (PRTB), disse que pretende se impor um “silêncio obsequioso”. “Vou ficar igual ao frei Leonardo Boff. Vou ficar em silêncio obsequioso. É uma boa linha de ação”, segundo o Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO