01.03.2019 | 17h51

Mourão descarta incentivo para evitar o fechamento de fábrica da Ford

Depois de receber representantes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e da CUT, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira, 1, que, por enquanto, não estão previstos incentivos para evitar o fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. Ele, no entanto, disse que o governo está estudando a situação, que é “preocupante”. A fábrica da Ford emprega 3 mil trabalhadores.

“Toda vez que vai haver aumento do desemprego, preocupa o governo. Estamos estudando esse assunto porque é uma empresa privada e, neste caso, é questão de desoneração e tributos. Então, temos que dar uma estudada nisso”, disse. Questionado se poderia haver algum incentivo específico para não se fechar a fábrica, Mourão disse que, por enquanto, isso está “fora de questão”, informou o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO