10.11.2018 | 07h57

Moro terá de explicar convite

O juiz Sergio Moro terá de explicar sobre sua escalação para comandar o Ministério da Justiça no governo de Jair Bolsonaro. O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, deu 15 dias para Moro apresentar esclarecimentos sobre a indicação, de acordo com o Estadão. O caso tramitará em segredo de Justiça. A indicação é alvo de contestações no CNJ apresentadas pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, por deputados federais e senadores do PT e por um morador do Paraná chamado Benedito da Silva Junior.


VOLTAR PARA O ESTADÃO