Moro em 2016: ‘Jamais entraria para a política’

01.11.2018 | 14h28

Moro em 2016: ‘Jamais entraria para a política’

Em 6 de novembro de 2016, o Estadão publicou uma entrevista exclusiva com o juiz Sérgio Moro em que o magistrado afirma que “não entraria para a política”. A íntegra da conversa pode ser lida aqui. Quase dois anos depois, Moro aceita ser ministro da Justiça e da Segurança Pública do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Não, jamais. Jamais. Sou um homem de Justiça e, sem qualquer demérito, não sou um homem da política”, disse Moro. “Acho que a política é uma atividade importante, não tem nenhum demérito, muito pelo contrário, existe muito mérito em quem atua na política, mas eu sou um juiz, eu estou em outra realidade, outro tipo de trabalho, outro perfil. Então, não existe jamais esse risco.”


Mais conteúdo sobre:

sergio moro
VOLTAR PARA O ESTADÃO