19.10.2018 | 09h33

Moro dá explicações ao CNJ

O juiz Sergio Moro afirmou que não teve “qualquer intenção de influenciar as eleições gerais de 2018” a divulgar, faltando seis dias para o primeiro turno, o conteúdo da delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci. O magistrado defendeu-se diante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que lhe pediu explicações após após uma representação ajuizada pelo PT, informou o Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO