22.10.2018 | 12h20

Moraes: ‘Declarações são crime’

Após reações contrárias de dois ministros do Supremo, Marco Aurélio Melo e Celso de Melo, à fala de Eduardo Bolsonaro de que basta “um soldado e um cabo” para fechar o STF, nesta manhã de segunda, 22, foi a vez de Alexandre de Moraes.

Segundo ele, “as declarações merecem imediata abertura de investigação da Procuradoria-Geral da República” por indicarem “crime tipificado na Lei de Segurança Nacional”. “Não é possível que se afirme que estava brincando, não se brinca com democracia”, disse Moraes durante evento do Ministério Público e da OAB acerca dos 30 anos da Constituição, em São Paulo.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO