08.10.2018 | 11h15

Momentos distintos para Haddad e Bolsonaro

“A maré final que impulsionou Jair Bolsonaro sugere que ele precisará fazer concessões modestas em sua plataforma para o embate direto com Fernando Haddad (PT)”, escreveu Bruno Boghossian na Folha.

Na análise do colunista, o bom desempenho de Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno deverá ser um estímulo para que os partidos do Centrão se aproximem de sua candidatura. No segundo turno, ao que tudo indica, Haddad precisará fazer mais concessões do que o ex-capitão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO