07.01.2019 | 08h05

‘Modelo Lava Jato’ no Executivo

O plano anticrimes que o ministro Sérgio Moro (Justiça) vai apresentar terá o efeito de levar o modelo da Lava Jato a um patamar de política pública, acabando com lacunas legais que fazem com que o combate à corrupção no Brasil seja uma tarefa semelhante a enxugar gelo. A torcida é do procurador da República Roberson Pozzobon, em entrevista ao Estadão. Ele diz que a operação, que completa cinco anos em março, terá novidades em breve e afirma que 2018 foi um ano importante para consolidar o modelo integrado de investigações, com avanços nos Estados, onde o esquema do petrolão era replicado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO