28.03.2018 | 06h36

Ministro repudia atentado a caravana

O ministro Raul Jungmann (Segurança) classificou como “inaceitáveis” os tiros disparados contra a caravana do ex-presidente Lula no interior do Paraná. Dois ônibus que integram a caravana foram atingidos por balas nesta terça-feira. Os veículos transportavam jornalistas. Ninguém ficou ferido.

“É absolutamente inaceitável que isso aconteça, parta de quem partir. Isso não é convivência democrática”, afirmou.


Mais conteúdo sobre:

Lulacaravana pelo sul
VOLTAR PARA O ESTADÃO