19.02.2019 | 15h56

Ministro manda Bolsonaro pagar R$ 10 mil a deputada

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, negou recurso do presidente Jair Bolsonaro e manteve a condenação por danos morais imposta pela Justiça para que o ex-parlamentar pague uma multa de R$ 10 mil por ofensas contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

Em 2014, Bolsonaro disse que não estupraria Maria do Rosário pois ela não mereceria. Ao negar o recurso da defesa de Bolsonaro, o ministro também manteve a determinação para que o presidente publique uma retratação em jornal de grande circulação, em sua página oficial no Facebook e em sua página no YouTube, informou o Blog do Fausto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO