20.11.2018 | 09h28

Ministro é auditor e foi capitão do Exército

Anunciado por Jair Bolsonaro como ministro da CGU, Wagner Rosário tem algo em comum com o presidente eleito. Assim como Bolsonaro, ele foi capitão do Exército, embora tenha desenvolvido toda uma trajetória profissional como auditor, tendo entrado na CGU em 2009. Lá, chegou ao atual posto de ministro, onde será mantido pelo futuro governo.

Mas é inegável a importância da formação militar de Rosário. Ele é graduado e pós graduado pela Academia Militar das Agulhas Negras e pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército. O ministro, porém, também desenvolveu uma sólida carreira no trabalho de combate à corrupção dentro da CGU. /Marcelo de Moraes


Mais conteúdo sobre:

wagner RosárioCGU
VOLTAR PARA O ESTADÃO