28.03.2018 | 08h40

Ministro do TCU: ativismo requer controle social

O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União, endossa o controle do Judiciário proposto em artigo do jornalista Fernão Lara Mesquita nesta quarta, no Estadão.

“Para ser defensável e legítimo, o ativismo [do Judiciário] precisa ser compatibilizado com controle social. Afinal, como os ativistas auscultariam a voz das ruas senão por eleição? Quem verbaliza a tal opinião pública? Ou devemos tomá-la pela opinião publicada?”, opina Dantas, especialista em direito constitucional. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO