27.02.2019 | 21h05

Ministro diz que MST e PCO atacaram sua comitiva

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que sua comitiva foi atacada nesta quarta-feira, 27, após participar de cerimônia de concessão ao setor privado do Parque Nacional Pau Brasil em Porto Seguro (BA). Como ele relatou ao BR18, na saída da agenda, seu carro foi cercado por membros do MST e do PCO contrários à concessão do parque e que não estavam dispostos a fazer um protesto pacífico. “Eles começaram a bater no carro, quebraram os vidros, chutaram”, contou Salles.


Entre os manifestantes, segundo Salles, estava Renato Farac, ex-candidato a prefeito de Piracicaba pelo PCO. “A PM da Bahia não fez nada para evitar. Mas já entramos com inquérito na Polícia Federal; foi uma agressão a funcionários públicos”, avisou. Ele publicou em suas redes sociais imagens do ataque. O PCO, no site da Causa Operária, diz que um carro da comitiva “se colocou contra os manifestantes”. “Os sem-terra reagiram pulando em cima do carro do ICMBio.”

 

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO