23.02.2019 | 11h00

Ministro da Defesa rechaça conflito armado

Apesar das diversas especulações sobre um possível confronto armado entre Brasil e Venezuela, o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, descartou em entrevista ao Estadão qualquer hipótese de que a situação chegue a este ponto. “A determinação que nós recebemos do presidente Jair Bolsonaro é de que, de jeito nenhum, as Forças Armadas brasileiras atravessarão a fronteira”, disse. “De forma alguma nós vamos manter qualquer ingerência em relação ao território venezuelano. Não temos ingerência sobre território venezuelano. A soberania venezuelana tem de ser respeitada”, afirmou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO