02.01.2019 | 12h22

Mínimo menor gera economia de R$ 2,4 bi

A definição do salário mínimo em R$ 998, e não nos R$ 1.006 indicados pelo Congresso Nacional deve representar uma economia de R$ 2,6 bilhões neste ano aos cofres públicos. Isso porque o mínimo indexa também a correção das aposentadorias, benefícios que respondem pela maior parcela do gasto primário do Orçamento, como mostra reportagem do Valor.

Para chegar aos R$ 998, a equipe econômica usou a regra válida anteriormente, de correção pela variação do PIB de dois anos atrás mais a correção da inflação pelo INPC.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO