25.10.2018 | 17h31

Militares como saco de pancada

As menções na rede aos militares que cercam a campanha de Jair Bolsonaro são feitas, predominantemente, por usuários contrários ao presidenciável do PSL, segundo levantamento da plataforma de monitoramento Torabit feita para o BR18.

Foram analisados nas redes, de 1 de outubro a esta quinta, 25, os nomes de Hamilton Mourão, Augusto Heleno, Oswaldo Ferreira, Aléssio Ribeiro Souto, Ricardo Machado, Edson Pujol, Carlos Alberto dos Santos Cruz e Richard Fernandez Nunes. A única defesa de bolsonaristas aos militares foi feita quando Mourão foi acusado por Fernando Haddad de torturador.

 


Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaroeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO