27.03.2018 | 08h59

Reale diz não à ‘ditadura da propina’

Um dos autores do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o jurista Miguel Reale Jr. afirmou que a única explicação para que o ex-presidente Lula tenha altos índices de popularidade, mesmo tendo sido condenado e respondendo a outros processos penais, é que esses apoiadores estão desinformados do processo eleitoral.

“Eles não estão inteirados do processo eleitoral, como o pessoal do Sul já está”, disse ele à Rádio Eldorado nesta manhã de terça-feira, 27. Ele também acrescentou que a população não pode ser tolerante com as suspeitas que envolvem o presidente Michel Temer. “Não podemos aceitar a ditadura da propina”, afirmou.


Mais conteúdo sobre:

Miguel RealeLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO