25.06.2019 | 19h52

Mello evita ‘puxadinho’

O voto de Celso de Mello não deve ser lido com endosso a Sergio Moro e à Lava Jato. O decano da corte apenas não concordou em soltar Lula por liminar, sem se ater ao mérito.

Quem tem conversado com Mello, no entanto, avalia que ele está bastante agastado com o teor das conversas reveladas pelo The Intercept Brasil e pode, ao analisar o mérito, votar pela suspeição do ex-juiz. / Vera Magalhães


Mais conteúdo sobre:

Celso de Mello Lula STF
VOLTAR PARA O ESTADÃO