24.03.2018 | 06h56

Meirelles deve evitar partido nanico

Quem acompanha nas salas ao lado a demorada novela do destino de Henrique Meirelles atesta que ao menos uma definição ele já tem praticamente consolidada: se for trocar de partido é para ir para o MDB, e não para algum nanico.

O raciocínio do titular da Fazenda é que, numa legenda menor, ele não teria tempo de TV nem garantia de ir a debate, e ainda poderia ter a legenda negada mais adiante. Agora resta definir se ele sai e tenta a sorte no MDB de Michel Temer ou fica no cargo. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO