10.09.2018 | 23h11

Meirelles e o fim da trégua com Bolsonaro

Mesmo com Jair Bolsonaro no hospital e ainda com mais uma cirurgia pela frente, já tem candidato falando no fim da trégua no horário eleitoral com o presidenciável do PSL. Em agenda nesta terça-feira em São Paulo, Henrique Meirelles (MDB) avisou que está respeitando o momento de Bolsonaro, mas que assim que as campanhas já avaliam a volta dos ataques.

“Temos que ter respeito ao ser humano. Depois do problema de saúde resolvido, nós vamos combater ideias, não a pessoa. Por exemplo a descriminação contra a mulher. Ele cometeu agressão e isso não é aceitável. Independente da situação pessoal ele vai ter que respeitar as mulheres. Temos que respeitar a situação, mas isso resolvido, a campanha recomeça. Não podemos deixar que a emoção encubra tudo”, disse.


VOLTAR PARA O ESTADÃO