27.09.2018 | 10h13

Meirelles contra ‘guerra de torcidas’

Em artigo publicado na Folha nesta quinta-feira, 28, o presidenciável Henrique Meirelles, do MDB, diz que, do jeito que as coisas estão hoje na campanha, o eleitor está tentando escolher um candidato apenas para que o outro não ganhe, depois ter pensando em apoiar “o menos pior” no início da disputa. Para ele, porém, o futuro do País não pode ficar em segundo plano.

“Eleição não pode ser apenas uma guerra de torcidas”, afirma. “Esse é o momento de parar e pensar justamente nesse futuro: analisar quem pode, de fato, entregar aos brasileiros um Brasil melhor.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO