06.09.2018 | 18h28

Medeiros admite que autor de atentado foi do PSOL

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, reconheceu que Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra Jair Bolsonaro, foi filiado ao PSOL durante 7 anos. Ele negou, entretanto, que Adélio foi dirigente do partido e disse não saber nem motivo da filiação, nem da saída da sigla. Medeiros repudiou o ataque contra o deputado.


Mais conteúdo sobre:

Juliano MedeirosPsolJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO