10.01.2019 | 11h35

MEC vai investigar caso dos livros didáticos

O MEC vai instaurar sindicância para investigar o que aconteceu no caso da mudança do edital dos livros didáticos. Algumas informações criam suspeitas de que funcionários poderiam ter tirado partes do texto para boicotar o atual ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. Por outro lado, há os que afirmam que foi apenas um equívoco do servidor que mandou o link do edital para o Diário Oficial, informou o Estadão.

O governo de Jair Bolsonaro culpou a gestão anterior pela alteração, já que o edital estava datado do dia 28 de dezembro. “Nós não fizemos nenhuma alteração, não entendemos o que aconteceu, não posso me responsabilizar sobre publicações no Diário Oficial do dia 2 de janeiro, quando já não era mais ministro”, voltou a dizer hoje o ex-ministro Rossieli Soares.


VOLTAR PARA O ESTADÃO