26.04.2018 | 16h24

MDB contra-ataca em Minas

A Assembleia Legislativa de Minas, presidida pelo emedebista Adalclever Lopes, autorizou nesta quinta-feira, 26, tramitação de processo de impeachment do governador Fernando Pimentel (PT) por suposto crime de responsabilidade pelos atrasos em repasses do duodécimo à Casa e ao Tribunal de Justiça.

O novo vendaval desestabiliza ainda mais a relação entre Lopes e Pimentel. O emedebista pretendia ser candidato único a uma vaga no Senado, mas com a sombra de Dilma Rousseff na disputa, o plano perdeu força. Uma nova vaga de conselheiro no TCE também desatina os dois lados.

 


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Fernando PimentelAdalclever Lopes
VOLTAR PARA O ESTADÃO