25.07.2018 | 16h09

MBL e Rocha reagem contra o Facebook

O Movimento Brasil Livre e o ex-presidenciável Flavio Rocha reagiram à decisão do Facebook de retirar 196 páginas e 87 perfis no Brasil que, segundo o site, “violaram as políticas de autenticidade” da rede social.  “São infundadas as acusações”, disse o líder do MBL, Kim Kataguiri, presente no Fórum Estadão “A Reconstrução do Brasil”.

Já Rocha escreveu em seu Facebook pessoal sobre a eliminação da página do Brasil 200, movimento criado por ele e outros empresários. “É inaceitável. Uma violência! A que pretexto? Conclamo a bancada do Brasil 2000 no Congresso Nacional a tomar posição sobre essa arbitrariedade”.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

FacebookMBLFlávio Rocha
VOLTAR PARA O ESTADÃO