21.03.2018 | 14h27

MBL e Brasil 200 farão ato de apoio a ‘forças de segurança’ no Rio

Foram-se os tempos em que a esquerda detinha a hegemonia das ruas e das narrativas políticas no País.

Em meio às críticas feitas  à intervenção federal no Rio de Janeiro e à tentativa de uso político do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), o Movimento Brasil Livre (MBL) e o Brasil 200, organização criada pelo empresário Flavio Rocha em defesa do livre mercado e das reformas no País, estão convocando um ato público “em apoio às forças segurança”, no Rio de Janeiro.

O ato, cujo objetivo é mostrar que a narrativa predominante até agora sobre o caso está longe de ser uma unanimidade, deverá ocorrer no próximo domingo, 25, a partir das 10h, no Posto 5, em Copacabana. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO