23.02.2019 | 20h20

Marinho: ‘Não tem nada terminativo’

O secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, mostrou que o governo está disposto a negociar tudo, menos a “espinha dorsal” do projeto da reforma da Previdência que foi enviada ao Congresso. “Numa negociação, não tem nada terminativo. Não podemos ir para uma posição de intransigência ou achar que o que o governo apresentou vai se manter incólume, até porque o papel do Congresso sempre foi o de aperfeiçoar”, disse em entrevista para o jornal O Globo. “O que é sagrado é a espinha dorsal do projeto, o combate à fraude e aos grandes devedores, a questão da equidade, de todos participarem, a justiça no processo”, afirmou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO