27.08.2018 | 17h43

Marina: ‘TSE tem de impedir que se burle o processo democrático’

Marina Silva foi a primeira candidata presidencial a se manifestar sobre a polêmica do pagamento feito por agências publicitárias influenciadores digitais para que bombem postagens de candidatos petistas no Twitter.

A candidata da Rede disse que cabe à Justiça Eleitoral “garantir as investigações”. “O TSE tem de tô,ar todas as providências para impedir as formas ilegais de burlar o processo democrático. Nós participamos do processo político de acordo com a lei”, disse Marina. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

PTgateMarina Silva
VOLTAR PARA O ESTADÃO