30.08.2018 | 21h05

Marina sofre menos com interrupções

Marina Silva foi menos interrompida na entrevista do Jornal Nacional que seus adversários que foram entrevistados na mesma série. O fato de a candidata ser mulher parece ter inibido a dupla de apresentadores a ter uma postura tão incisiva quanto a adotada com Ciro Gomes, Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin.

Embora William Bonner e Renata Vasconcellos tenham mantido o tom duro das perguntas e a característica de não se contentar com as respostas, eles foram menos impacientes em aguardar as respostas. E, com isso, Marina conseguiu mais tempo de fala que os rivais. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO