30.10.2018 | 19h31

Marina: ‘Retrocesso incalculável para meio ambiente’

Ex-ministra da área, Marina Silva já começou a chiadeira contra a decisão de Jair Bolsonaro de fundir o Ministério do Meio Ambiente com o da Agricultura.  “Estamos inaugurando o tempo trágico da proteção ambiental igual a nada. Nem bem começou o governo Bolsonaro e o retrocesso anunciado é incalculável”, disse.

Para Marina, “essa decisão desastrosa trará graves prejuízos ao Brasil e passará aos consumidores no exterior a ideia de que todo o agronegócio brasileiro sobrevive graças à destruição das florestas, atraindo a sanha das barreiras não tarifárias em prejuízo de todos”, afirmou, acrescentando que “o movimento ambientalista terá que voltar aos velhos tempos da pressão de fora para dentro, algo que há décadas vinha sendo superado”. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Meio AmbienteMarinaBolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO