07.10.2018 | 22h29

Marina na oposição

Em sua primeira declaração após ser confirmada sua derrota no primeiro turno, Marina Silva não quis adiantar possível apoio no segundo turno (apesar de Fernando Haddad ter dito que a candidata do Rede já entrou em contato com ele). Destacou, entretanto, que após a eleição, estará na oposição, seja qual for o presidente da República.

“Independentemente de quem seja o vencedor, nós estaremos na oposição. O Brasil vai precisar de uma oposição democrática. Podemos assegurar: estaremos na oposição porque é a única forma de quebrar o ciclo vicioso”, disse.


Mais conteúdo sobre:

Marina Silvarede
VOLTAR PARA O ESTADÃO