05.10.2018 | 19h44

Marina ‘menor do que entrou’

No momento em que se ouvem possibilidades de aliança para o segundo turno, Marina Silva é situada em campo neutro como alguém que sai da disputa menor do que entrou, analisa o Valor. A neutralidade, no entanto, pode ser o fim de sua carreira, vaticinam pesquisadores.

Para o cientista político Sérgio Abranches, ela teria sido eleita para o Senado em qualquer Estado. Agora, caso queira recuperar sua estatura política de 2014, por exemplo, de quando obteve quase 20% dos votos, e não vença esta eleição, deverá esperar quatro anos para tentar algum cargo eletivo novamente.

 


Mais conteúdo sobre:

Marina Silvaeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO