05.02.2019 | 12h11

Marina: Fakes são ‘cortina de fumaça’

A ex-ministra do Meio Ambiente no governo Lula (2003-2008), Marina Silva, condenou a vinculação de seu nome a “mentiras e calúnias” sobre o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG) que circulam na internet. Segundo a versão de WhatsApp, ela teria sido responsável pela construção da estrutura Vale que desabou. Em 1976, quando a barragem foi erguida, ela tinha 18 anos.


“Há um comportamento abusivo e criminoso nas redes, cada vez mais perigoso e degradante, movido por acusações mentirosas e caluniosas, de tentar criar ‘cortinas de fumaça’ pra tirar a atenção pública do que é relevante”, escreveu Marina no Twitter nesta manhã de terça, 5.

 

Mais conteúdo sobre:

Marina SilvaBrumadinho
VOLTAR PARA O ESTADÃO