18.08.2018 | 13h49

Marina e a esquerda (2)

A atuação destacada de Marina Silva incomodou a cúpula do PT. No dia em que tentavam fazer carnaval com a recomendação dada pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU a favor da candidatura de Lula, a ex-ministra do Meio Ambiente roubou para si as atenções da esquerda nas redes sociais por ter se saído muito bem no embate contra Jair Bolsonaro.

Para dirigentes do PT, não há vantagem no fortalecimento de outra candidatura de esquerda ou de centro-esquerda fora do partido. Os petistas, inclusive, atuaram para enfraquecer a candidatura de Ciro Gomes (PDT), temendo que ele ocupasse o protagonismo na esquerda. Se Marina, que foi do PT, continuar em alta, poderá virar o alvo da vez do seu antigo partido. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marina SilvaPT
VOLTAR PARA O ESTADÃO