24.03.2018 | 20h53

Marina diz que ‘lei é para todos’

A ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, pré-candidata pelo Rede à Presidência, criticou o Supremo Tribunal Federal na sexta-feira, 23, pela concessão de liminar a Lula, para que ele não seja preso até o julgamento do habeas corpus pedido por sua defesa, no dia 4.

“A nossa preocupação é de que a Justiça funcione sem dois pesos e duas medidas”, disse Marina, segundo a Folha de S.Paulo. “Nós temos uma lei que diz que, após a segunda instância, é para cumprir a pena. E a lei não pode mudar em função do julgado. Não é só para o Lula, é para qualquer pessoa que esteja sendo julgada.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO